Sábado, 27 de Outubro de 2007

Luzente Brilho Dos Amantes

 

 

Envolve a luminosidade

Ténue os sentidos desperta

Chama profunda de intensidade

O louco odor da paixão liberta

 

Recôndito refúgio aconchegado

Arde lenta subtil sugestiva

Brilha no escuro e incentiva

O momento tão desejado

 

As palavras sussurradas

Embaladas em puro prazer

Entre as sombras descaradas

Que a suave luz deixa ver

 

Lamparina Vela Candeia

Luzente brilho dos amantes

Companheira de tantos instantes

Sumida a noite clareia

 

Une no iluminar os desejos

O dócil roçar em sofreguidão

Sabor a mel nos delicados beijos

Guardiã dos segredos da paixão

  

 

Editado por Barão Van Blogh .

 


Sobre mim

Frescos

Luzente Brilho Dos Amante...

No sotão

Março 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

SAPO Blogs

Subscrever feeds