Sábado, 20 de Outubro de 2007

Imagino

 

Imagino teu corpo à beira mar

Nas rochas da falésia esculpido

A insistente erosão sábia a moldar

Pelas ondas delicadamente polido

 

Batem e salpicam em carícias

Gotas que cobrem de frescura

De transe quase há loucura

Nos arrepios que fazem delicias

 

Imagino em escultura morena

Bronzeada ao sol de Verão

Figura sensual e serena

Alquimia no sonho da ilusão

 

Negros cabelos soltos agitados

Pela brisa em suave afagar

Tons de negrume de enfeitiçar

Pela minha alma na escarpa pintados

 

Imagino a bruma à tua frente

Branca que se estende sedosa

Lençol de seda envolvente

Alva brancura fina preciosa

 

Leito desfeito enrugado

As ondas o fazem parecer

Momentos de louco prazer

Se esculpido estivesse a teu lado

 

 

 

Editado por Barão Van Blogh .

 


Publicado por @s às 16:19
Link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Obrigado por visitarem este humilde albergue ...

Sobre mim

Frescos

Magia ou Fantasia

O Velho Do Realejo

Luzente Brilho Dos Amante...

Imagino

Nevoeiro Do Tejo

Piano Em (Des)Concerto

Vem

Quero(-Te)

Asas De Fogo

Mulher Menina

No sotão

Março 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

Ilustres convidados

Estou no Blog.com.pt
SAPO Blogs

Subscrever feeds