Sábado, 20 de Outubro de 2007

Imagino

 

Imagino teu corpo à beira mar

Nas rochas da falésia esculpido

A insistente erosão sábia a moldar

Pelas ondas delicadamente polido

 

Batem e salpicam em carícias

Gotas que cobrem de frescura

De transe quase há loucura

Nos arrepios que fazem delicias

 

Imagino em escultura morena

Bronzeada ao sol de Verão

Figura sensual e serena

Alquimia no sonho da ilusão

 

Negros cabelos soltos agitados

Pela brisa em suave afagar

Tons de negrume de enfeitiçar

Pela minha alma na escarpa pintados

 

Imagino a bruma à tua frente

Branca que se estende sedosa

Lençol de seda envolvente

Alva brancura fina preciosa

 

Leito desfeito enrugado

As ondas o fazem parecer

Momentos de louco prazer

Se esculpido estivesse a teu lado

 

 

 

Editado por Barão Van Blogh .

 


Publicado por @s às 16:19
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
55 comentários:
De mimo-te a 20 de Outubro de 2007 às 16:59
Obrigada pela visita.

Vim, li e adorei, bela poesia esta, grande poeta.

Parabéns

Deixo mimos

Bom Fim de Semana


De lapa a 20 de Outubro de 2007 às 16:59
Obrigado pelo seu poema.
É muito bom.
Este blogue fica, a partir de agora, obrigatório.


De Girassol a 20 de Outubro de 2007 às 17:36
Tudo o que me apetece dizer é:

Parabéns por ser um poeta. =)

Um óptimo dia.
Beijos.


De Andreia do Flautim a 20 de Outubro de 2007 às 18:27
Bonito!=)

Bom fim de semana!


De Erika a 20 de Outubro de 2007 às 18:40
me encanta seus versos tão singelos e ao mesmo tempo tão intensos.

beijos e ótimo final de semana


De rendadebilros a 20 de Outubro de 2007 às 18:43
Pena tenho eu não ter tempo para visitar diariamente quem tem tanta amabilidade em me visitar...e poder espraiar o meu espírito por estas palavras poéticas...
Bom fim de semana.


De Menina do Rio a 20 de Outubro de 2007 às 19:07
O mar, a bruma sedosa e o anoitecer criam um clima de magia; magia do amor por onde as almas caminham na mesma direção.

Um beijo


De Mila a 20 de Outubro de 2007 às 19:13
Uau... ser assim descrita por um poeta é uma declaração mais do maravilhosa... abençoada a dona de teus pensamentos!!!!
Beijos Mila


De Miguel Ângelo a 20 de Outubro de 2007 às 20:08
Adoro poesia e nunca é demais passar por outros lados e deliciar-se com bela poesia. Parabéns!
Miguel Ângelo


De sam a 21 de Outubro de 2007 às 00:09
O poeta imagina : dá forma e toca a alma de quem o lê, despertando "arrepios que fazem delícia". Bélissimo, como sempre, Barão!


Beijos com carinho

Sam


Comentar post

Obrigado por visitarem este humilde albergue ...

Sobre mim

Frescos

Magia ou Fantasia

O Velho Do Realejo

Luzente Brilho Dos Amante...

Imagino

Nevoeiro Do Tejo

Piano Em (Des)Concerto

Vem

Quero(-Te)

Asas De Fogo

Mulher Menina

No sotão

Março 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

Ilustres convidados

Estou no Blog.com.pt
SAPO Blogs

Subscrever feeds