Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Quero(-Te)

Montanhas vales e oceanos percorri

Já não suporto a angustia deste viver

Regresso de longe para te ter

Não posso continuar mais sem ti

 

Consome-me de dor a solidão

Mata-me a crueldade da distância

A tristeza ecoa no meu coração

Castigado severamente por esta ânsia

 

É aqui contigo que quero estar

Porque te amo mais que à vida

Minha alma enferma consumida

Insistente clama pelo teu beijar

 

Quero-me aquecer no teu calor

No acordar pela manhã ser o primeiro

Saborear o doce gosto do teu sabor

Perfumar-me com o odor do teu cheiro

 

Quero-te meu amor perdidamente

Desejo teu corpo sensual aveludado

Sentir-me na tua pele colado

Loucos amarmo-nos intensamente

 

Em volúpia de paixão e prazer

Voar inconstante como as andorinhas

Quero em ti sentir-me a morrer

No teu ventre germinar sementes minhas .

 

 

 

Editado por Barão Van Blogh .

 


Publicado por @s às 23:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
58 comentários:
De Isabel Filipe a 28 de Setembro de 2007 às 13:42
olá ...
vim agradecer a visita e as palavras lá deixadas ...

gostei muito dos poemas ... parabéns pelo conteúdo ...

e sucessos para o novo Blog ...

a minha casa é tua ... volta sempre


beijos e bom fim de semana


De Claudia Lis a 28 de Setembro de 2007 às 14:15
Oi,

Que poesia linda! Muito expressivas as suas palavras.
Obrigada pela visita e volte sempre.

=)

Beijos


De THUNDER - Olga a 28 de Setembro de 2007 às 20:51
Votos de um bom fim-de-semana cheio de inspiração para novos poemas.


De marlenemaravilha a 29 de Setembro de 2007 às 00:06
into cheiro de amor no ar da veia poética!! lindo poema!
Um maravilhoso final de semana!


De Lusófona a 3 de Outubro de 2007 às 16:00
Escreves lindamente!!

Beijinhos


De lapa a 6 de Outubro de 2007 às 19:27
Queres dar cabo da rapariga...


De claudia a 7 de Outubro de 2007 às 01:17
no tengo palabras, es hermoso, y quisiera que alguien a quien quiero mucho alguna vez me dijera algo tan bello como esto

leer tus poesías es emocionarse y sentir, la música tan suave, acompaña tus palabras

gracias por tu mensaje, volveré

beijos!
claudia


De Coisaseletras a 24 de Outubro de 2007 às 21:30
Li o simpático comentário... vim espreitar... gostei tanto... mesmo a sério... que ainda vou acabar de ler!

Serás muito bem vindo de novo... www.textoscomhistoria.blogspot.com :)

São de uma sensibilidade admirável...

Ah... a música enquadra-se perfeitamente...

Beijo
C&L


Comentar post

Obrigado por visitarem este humilde albergue ...

Sobre mim

Frescos

Magia ou Fantasia

O Velho Do Realejo

Luzente Brilho Dos Amante...

Imagino

Nevoeiro Do Tejo

Piano Em (Des)Concerto

Vem

Quero(-Te)

Asas De Fogo

Mulher Menina

No sotão

Março 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Pesquisar neste blog

 

tags

todas as tags

Ilustres convidados

Estou no Blog.com.pt
SAPO Blogs

Subscrever feeds